Alcoutim apoia com ajuda a Via Algarviana

via algarviana

A Associação de Defesa do Património, Cultural e Ambiental do Algarve ALMARGEM tem apoio financeiro da câmara municipal de Alcoutim para fazer face às despesas de gestão e manutenção da Grande Rota Pedestre Via Algarviana.

Assumindo-se é um dos treze parceiros deste projeto, o município continua a envidar esforços para definir e implementar um modelo de gestão que garanta a sustentabilidade da Via Algarviana, no médio e longo prazo, «atendendo à sua importância estratégica como produto turístico alternativo da oferta da região, sobretudo em período de época baixa».

A Almargem é a entidade responsável pela manutenção e desenvolvimento desta Grande Rota Pedestre, em articulação com treze dos 16 municípios algarvios. A comparticipação financeira que recebe do município do Nordeste Algarvio tem o valor de 4.262,98 euros.

A Via Algarviana é uma Grande Rota Pedestre (GR13) que liga Alcoutim ao Cabo de São Vicente. Foi criada em 2006, tem um total de 300 quilómetros, divididos em 14 setores que percorrem os territórios de Baixa Densidade do Algarve.

Além deste eixo principal, a Grande Rota, a Via Algarviana inclui uma rede de infraestruturas complementares, pequenas rotas e ligações, a cruzarem Alcoutim, Albufeira, Aljezur, Castro Marim, Lagoa, Lagos, Loulé, Monchique, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira e Vila do Bispo.