Imagens Sociedade

Dez sinais de que anda a beber pouca água

 

&lt;span class=”mceItemHidden” data-mce-bogus=”1″&gt;&lt;span&gt;&lt;/span&gt;&amp;amp;#13;&amp;lt;br /&amp;gt;&lt;br /&gt;<br />
&amp;lt;a &lt;span class=”mceItemHidden” data-mce-bogus=”1″&gt;&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”a “&gt;href&lt;/span&gt;&lt;/span&gt;=”&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”href “&gt;http&lt;/span&gt;://ww1510.smartadserver.com/ac?&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=””&gt;jump&lt;/span&gt;=1&amp;amp;&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”amp “&gt;nwid&lt;/span&gt;=1510&amp;amp;&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”amp “&gt;siteid&lt;/span&gt;=93554&amp;amp;&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”amp “&gt;pgname&lt;/span&gt;=&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”pgname “&gt;lifestyle&lt;/span&gt;&amp;amp;&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”amp “&gt;fmtid&lt;/span&gt;=34642&amp;amp;&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”amp “&gt;visit&lt;/span&gt;=m&amp;amp;&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”amp “&gt;tmstp&lt;/span&gt;=&amp;amp;&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”amp “&gt;out&lt;/span&gt;=&lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”out “&gt;nonrich&lt;/span&gt;” &lt;span class=”hiddenSpellError” data-mce-bogus=”1″ pre=”nonrich “&gt;target&lt;/span&gt;=”_blank”&amp;gt;&lt;br /&gt;<br />
&lt;img alt=”” src=”https://guadianadigital.sapo.ptwp-content/uploads/2016/08/1471258323_374_ac” border=”0″&gt;&lt;br /&gt;<br />
&lt;/span&gt;

O site Terra destacou uma lista dos dez principais sinais de que o corpo está a precisar de mais água:

    1. Dor de cabeça. Mesmo que ligeira, a desidratação pode provocar dor de cabeça, devido a alterações na dilatação dos vasos sanguíneos da cabeça.

 

  • Prisão de ventre. A água é o principal componente dos sucos gástricos, pancreáticos e da bílis, a sua falta torna a digestão mais lenta e pode ainda provocar acumulações no intestino grosso, dando origem à prisão de ventre.

 

 

  • Desidratação visível. Pele seca, a ficar áspera, envelhecimento precoce, boca e olhos secos, ou urina demasiado escura, são sintomas visíveis de que precisa urgentemente de água.

 

 

  • Dor nas articulações. A água está presente num fluido encontrado nas articulações e funciona como um lubrificante. Com a desidratação sentimos dores e não aguentamos movimentos muito bruscos ou repetitivos.

 

 

  • Imunidade debilitada. A falta de água diminui a resistência física, deixa as vias respiratórias secas e impossibilita a expulsão das impurezas do organismo, que acabam por o debilitar.

 

 

  • Cansaço e mau humor. A água ajuda a manter a temperatura do corpo, na falta dela, a ação enzimática desacelera, provocando cansaço, desânimo e mau humor.

 

 

  • Fome. Às vezes a fome fora de horas pode ser na verdade um sinal de desidratação.

 

 

  • Inchaço. A retenção de líquidos, que normalmente é o que nos faz sentir inchados, é gerada pelo excesso de sódio e falta de água no organismo.

 

 

  • Metabolismo lento. A desidratação faz com que o metabolismo trabalhe mais lentamente. Por isso, se está de dieta e mesmo assim demora a emagrecer, pode ser falta de água.

 

 

  • Muita sede. A sede propriamente dita é, claro um sinal de que anda a beber pouca água.

 

Source link

Etiquetas
%d bloggers like this:
x Logo: Shield
Este Site é Protegido Por
Shield