EDIA vai identificar larvas nas bacias do Guadiana e do Sado

barragem do Alqueva

A EDIA -Empresa de Desenvolvimento e Infra Estruturas de Alqueva, lançou um concurso público com o objectivo de contratar uma empresa de monitorização da comunidade de larvas ciprinícolas nas massas de água das bacias hidrográficas do Guadiana e do Sado.

Segundo o Diário Campanário, o concurso apresenta um valor base de 100 mil euros e prazo de execução de 7 sete meses, prevendo a prestação de serviços de captura e identificação de larvas de peixe em massas de água das referidas bacias hidrográficas, bem como, o tratamento e apresentação de resultados para caracterização da comunidade de larvas e avaliação do grau de dispersão.

Os trabalhos terão lugar nos concelhos de Aljustrel, Alvito, Beja, Cuba, Ferreira do Alentejo, Alandroal, Montemor-o-Novo, Portel, Vendas Novas, Arronches, Elvas, Alcácer do Sal, Grândola, Palmela e Santiago do Cacém.