Destaque Guadiana

Eurocidades ibéricas pedem mais passagens na fronteira para trabalhadores e residentes

De acordo com um comunicado sobre as conclusões de um Webinar ocorrido entre as sete eurocidades da Península Ibérica, divulgado pela Eurocidade Chaves-Verín, foi pedido às autoridades a abertura de novas passagens na fronteira que facilitem o trânsito de trabalhadores transfronteiriços, para que a mobilidade não seja penalizada, quando relacionada com o trabalho.

Vila Real de Santo António, Castro Marim e Alcoutim fazem parte da Eurocidade do Guadiana.

Este Webinar realizado no princípio desta semana que termina, tinha por objetivo a criação de um espaço de diálogo e reflexão com os presidentes das Eurocidades Ibéricas e para “a descoberta de qual o impacto da Covid-19 na cooperação transfronteiriça.

Como se sabe, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, anunciou na terça-feira que as fronteiras terrestres entre Portugal e Espanha vão continuar encerradas depois de 14 de maio e o controlo das fronteiras terrestres com Espanha está a ser feito em nove pontos de passagem autorizada.

Os presidentes das sete Eurocidades, pretendem facilidades para a movimentação de residentes entre municípios transfronteiriços, com respeito das medias de controlo da saúde pública que vigoram nos dois países.

X