Festa da Ilha
Cultura foz-destaques

Festa da Ilha da Culatra é já Património Cultural Imaterial

A Festa em Honra de Nossa Senhora dos Navegantes, indissociável da própria história da Ilha da Culatra, foi inscrita no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial, por decisão da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), publicada hoje.

A inclusão na lista de Património Cultural Imaterial desta festa, caracterizada por uma procissão embarcada que faz o percurso entre a Culatra e Olhão, nasceu de uma proposta do ano de 2019 elaborada pela Associação de Moradores da Ilha da Culatra, um dos núcleos habitacionais das ilhas barreira da Ria Formosa, passou por um período de consulta pública de trinta dias.

O anúncio da classificação da Festa em Honra de Nossa Senhora dos Navegantes da Ilha da Culatra no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial destaca a importância de que se reveste «esta manifestação do património cultural imaterial enquanto reflexo da identidade da comunidade envolvente», assim como a «sua profundidade histórica e evidente relação com outras práticas inerentes à comunidade».

A festa em honra de Nossa Senhora dos Navegantes é realizada com uma procissão no primeiro domingo de cada mês de agosto, que começa com a retirada da imagem da padroeira da comunidade piscatória da Culatra da capela local para ser levada a bordo de uma embarcação de pesca, pela Ria Formosa, até Olhão. No cais de Olhão, a procissão marítima recolhe a imagem de Nossa Senhora do Rosário, a padroeira da cidade, e inicia o regresso à Culatra, onde se realiza depois uma procissão pelas ruas do núcleo piscatório e uma missa.

Apesar da festa celebrar a Senhora dos Navegantes não se considera meramente religiosa, mas toda uma manifestação cultural em si, – a Festa da Ilha.

JEC/FOZ – Foto cortesia do Jornal do Algarve

Etiquetas

FOZ - Guadiana Digital

Adicionar comentário

Clique para comentar

Obrigado pelo comentário.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.