foz-destaques Território

Há dinheiro para a Ponte de Alcoutim mas projeto ainda demora

Assinatura do financiamento de Ponte de Alcoutim
A construção de uma ponte que ligue o território da fronteira entre Alcoutim e a localidade espanhola de San Lúcar del Guadiana, em Espanha é um sonho de anos dos habitantes daquelas localidades fronteiriças.

Muitos encaram este sonho com algum cepticismo, uma vez que em várias vésperas eleitorias, quer para as autarquias locais quer para a Assembleia da República, já ali se colocaram diversas primeiras pedras.

Desta vez não foi uma primeira pedra o alvo da cerimónia, mas a assinatura dos contratos de financiamento da ponte Alcoutim – Sanlúcar de Guadiana com as presenças do presidente da câmara Municipal de Alcoutim, Osvaldo Gonçalves, do alcalde de Sanlúcar de Guadiana, José Maria Perez Dias, presidente da Estrutura de Missão RECUPERAR PORTUGAL, de Fernando Alfaiate, presidente da CCDR Algarve, de José Apolinário, da delegada da Junta de Andalucía em Huelva, Bella Verano Domínguez, e da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

Portanto, a coisa parece agora mais próxima de se tornar realidade, porém o que está para já assegurado é o financiamento, mas falta a definmição da localização, os estudos preliminares, o estudo de impacto ambiental e a adjudicação da obra, o que significa mais uns anos de espera. Fala-se em 2026, o que significa mais cinco anos, pelo menos.

A comissão política distrital do PSD/Algarve considerou que a sessão de assinatura de contratos de financiamento para a obra da nova ponte entre Alcoutim e Sanlúcar, ainda sem projeto definido, visa apenas “influenciar” os resultados das Autárquicas.

“Sucede que não há sequer projeto, nem esboço de projeto, nem estudos ambientais, nem cronograma, o que para o efeito de campanha eleitoral da manipuladora máquina do Estado a favor do PS é irrelevante”, destacam os sociais-democratas, em comunicado.

Recorde-se, a ministra Ana Abrunhosa, o presidente da Câmara Municipal de Alcoutim, Osvaldo Gonçalves, e o presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve, José Apolinário, assinaram na quarta-feira contratos de financiamento relativos à construção da Ponte Internacional de Alcoutim – Sanlúcar de Guadiana, ao abrigo do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

Para o PSD algarvio, a cerimónia não teve outro objetivo que não fosse influenciar as Autárquicas previstas para 26 de setembro, uma vez que «nada foi feito até este momento», tratando-se de um «desrespeito doentio pela democracia».

Etiquetas

pub.

Autárquicos

Classificação

Classificação

X