Neto Gomes e Delmiro Pereira homenageados durante a volta ao Algarve

Neto Gomes e Delmiro

O município de Vila Real de Santo António escolheu o dia da passagem da volta ao Algarve para prestar homenagem a dois homens ligados aos ciclismo, Neto Gomes e Rogério Domingos, num ato a decorrer amanhã, 19 de Fevereiro às 13:00 horas na Avenida da República e no local da partida.

O município de Vila Real de Santo António escolheu o dia da passagem da volta ao Algarve para prestar homenagem a dois homens ligados aos ciclismo, Neto Gomes e Rogério Domingos, num ato a decorrer amanhã, 19 de Fevereiro às 13:00 horas na Avenida da República e no local da partida.

O próprio presidente da câmara municipal, Álvaro Araújo discursará na ocasião para colocar em relevo os contributos de ambos para a promoção do desporto no concelho e pela sua dedicação ao serviço do ciclismo. O Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, bem como os homenageados, vão estar presentes.

Neto Gomes nasceu em Vila Real de Santo António, a 27 de outubro de 1944, e reside em Loulé há vários anos. Embora tivesse exercido várias atividades ligadas ao setor do turismo e do desporto e desempenhado funções em várias entidades públicas, é a ligação à escrita, e em particular ao jornalismo, que serve de elo condutor a toda a sua vida profissional. Marcou uma época, ainda hoje inigualável, como speaker da Volta a Portugal em Bicicleta.

Rogério Domingos nasceu a 19 de fevereiro de 1948. Foi ciclista do Ginásio Clube de Tavira e é proprietário do restaurante Alpendre, uma referência regional para os adeptos das duas rodas. Participou em diversas edições da Volta a Portugal. Apesar de ter competido profissionalmente até 1968, organizou, ao longo de muitos anos, várias corridas não só em termos de formação, mas também na ótica de promoção da modalidade.

A 48.ª Volta ao Algarve está na estrada até 20 de fevereiro. Será mais uma edição da qual se espera um elevado nível competitivo. O percurso foi profundamente renovado, com etapas para todos os perfis de corredores, consolidando-a como uma das melhores provas do circuito UCI ProSeries.

A maior novidade da 48.ª Volta ao Algarve é esta quarta etapa, por ser o contrarrelógio mais extenso dos últimos anos e por marcar o regresso da corrida a Vila Real de Santo António, cidade que já não recebia uma partida de etapa desde 2009.

O contrarrelógio de amanhã terá 32,2 quilómetros, unindo Vila Real de Santo António a Tavira.  Pela extensão, permite que os contrarrelogistas puros possam gerir a corrida, incluindo os percursos de montanha, com o objetivo de se colocarem-se entre os favoritos ao triunfo na geral.

O local da partida desta, que será a quarta etapa, ficará situado na Avenida da República, frente ao Rio Guadiana, estando programada a saída do primeiro corredor por volta das 13:45 noras. A presença das maiores estrelas do ciclismo promete trazer muita animação, público e entusiastas da modalidade à zona ribeirinha da cidade.

XYZ WP Insert Code Snippets Powered By : XYZScripts.com