Ria Solidária
Algarve foz-destaques

“Ria Solidária” continuará a salvar vidas

Em Faro opera um barco ambulância que tem por nome “Ria Solitária” destinado a prestar auxílio aos habitantes das ilhas de barreira da Ria Formosa

O protocolo, iniciado em 2018 foi renovado no princípio da semana entre os municípios de Faro, de Olhão e o Instituto Nacional de Emergência Médica, ficando garantida a operacionalização, utilização e sustentabilidade da emergência naquele vasto território húmido.

Os custos desta operabilidade estão repartidos equitativamente entre estas três entidades e ascendem a 21 mil euros anuais, destinados a cobrir as despesas de manutenção e operacionalização. A embarcação foi construída pelo Governo Civil de Faro em 2007 e entregue pela Autoridade Nacional de Proteção Civil à Autoridade Marítima Nacional, AMN, em 2013.

Auxílio às populações

O «Ria Solidária» é operado pela AMN a partir da Estação Salva Vidas de Olhão, para, de modo regular, servir as populações dos núcleos da ilha da Culatra, concelho de Faro, e das ilhas da Fuseta e Armona, concelho de Olhão.

Efetua o transporte logístico de doentes e pessoas com mobilidade reduzida face à inacessibilidade por outros meios com as condições adequadas. Em média, executa 180 evacuações por ano, consideradas como assistência pré-hospitalar às populações destas ilhas.