Economia foz-destaques

Teste PCR molecular identifica fungo do morango

Morangos


Pesquisadores do Instituto de Pesquisa e Treinamento Agrícola e Pesqueiro (IFAPA) de Espanha desenvolveram um método molecular baseado em PCR para a detecção rápida, confiável e específica do fungo patogênico do morango, Fusarium solani, em plantas doentes e amostras de solo.

O estudo tem por base o fato de que a produção de morango no país vizinho sido altamente dependente do uso de fumegantes químicos para a desinfestação do solo em viveiros e campos de produção de frutas.

Devido aos seus potenciais efeitos nocivos para a saúde e o ambiente e com a entrada em vigor da Diretiva 91/414 / CEE, conduziu ao desaparecimento de cerca de 70% das substâncias ativas utilizadas no controlo de doenças e pragas que afetam a cultura do morango.

Tendo em conta que, além do mais o morango é cultivado em monocultura, este fato é apontado como a principal causa do surgimento de novos patógenos de solo da cultura e o Fusarium oxysporum, por provocar que o fruto murche, causa a baixa produção de raízes na planta.

A detecção desse tipo de fungo patogênico é feita pela observação dos sintomas nas plantas afetadas e pelo plaqueamento dos tecidos sintomáticos, o que requer um olhar perito e, ainda assim, a detecção e posterior identificação.

Foto: Diana Fernandes on Unsplash

X