Notícias

Trabalhadores da hotelaria sem aumentos desde 2010

Estes trabalhadores não têm os salários actualizados desde 2010. O Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Hotelaria, Turismo, Restaurantes e Similares do Centro (CGTP-IN) informa que apresentou um caderno reivindicativo à empresa no passado mês de Fevereiro, propondo a melhoria de salários e das condições de trabalho, mas esta recusou-se «a dialogar e a negociar».

Em plenários realizados no dia 19 de Abril, os trabalhadores decidiram lançar um pré-aviso de greve para o dia 1 de Maio, das 13h às 18h, de forma a poderem participar na manifestação que se realiza no âmbito das comemorações do Dia do Trabalhador, às 14h30, na rotunda de Santa Cristina.

Decidiram também marcar um pré-aviso de greve para o dia 16 de Junho, a todo o dia de trabalho, com concentração à porta do Montebelo Viseu Hotel, «caso a empresa não reveja a sua posição até lá».

O sindicato denuncia que nos últimos anos a empresa adoptou um conjunto de medidas que resultaram numa grande perda salarial: o congelamento das carreiras, a eliminação de três dias de férias por majoração, o congelamento das diuturnidades, o não pagamento da terça-feira de Carnaval como feriado, a redução da retribuição nas férias em cerca de 90 euros, entre outras questões.

A estrutura sindical lembra que o sector atravessa «uma das melhores situações de todos os tempos, como demonstram os dados do INE».

Source: Trabalhadores da hotelaria sem aumentos desde 2010 | AbrilAbril