Festival do contrabando
foz-destaques Guadiana

«Tráfico de Arte do Guadiana» substitui Festival do Contrabando

Este seria o fim de semana da 5ª edição do Festival do Contrabando, lembra a câmara municipal de Alcoutim, onde «o frenesim, o bulício, a animação e a boa disposição, características das suas três primeiras edições, que milhares de visitantes presenciaram»,

Por imposições do confinamento imposto pela pandemia ligada à Covid-19, neste ano que se considera atípico, o Festival do Contrabando, será substituído pelo Tráfico de Arte no Guadiana, novo formato adaptado aos tempos atuais.

O mercado será feito à moda antiga, os espetáculos de rua, a passagem mística pelo rio Guadiana entre as duas povoações , Alcoutim e Sanlúcar del Guadiana, os sons da música vibrante que o caracterizam, os aromas e cheiros das tasquinhas, com todo esplendor de vida a que nos habituou, vão regressa . «O cenário pandêmico, a consciência e ética de todos, obriga à segurança e resiliência, com esperança e otimismo», observa a autarquia, na esperança de melhores dias.

Em novembro de 2020, a gigante e colorida peça Lontra – Big Trash Animals, e o Túnel Memórias do Contrabando foram algumas das peças que o Festival do Contrabando colocou em Alcoutim com o mote do «Tráfico de Artes no Guadiana». Repetir o evento nestes moldes e voltar a surpreender e aumentar o leque de pretextos para visitar este território é objetivo da autarquia para o futuro.

Com ele, pretende levar expressões culturais e artísticas ao Guadiana, através da criação de autores nacionais, internacionais e locais, permitindo «conhecer o horizonte dos nossos limites, possibilitando-nos atravessar novos caminhos de forma a podermos divulgar e valorizar as Artes no Guadiana, associando-as sempre ao tema Contrabando, e potencializando a estratégia de desdobrar estes valores em mais épocas do ano».

O evento transfronteiriço já é uma marca da identidade Internacional, cultural entre dois povos do Baixo Guadiana, as povoações vizinhas de Alcoutim e Sanlúcar de Guadiana, e , com base no tema do contrabando, tornou-se um valor estratégico que permite promover a sua história, o património, a cultura e a memória local, preservada por este festival.

Para assinalar a data e celebrar a valorização do território, lançou um vídeo promocional do «Festival de Contrabando – Tráfico de Artes no Guadiana», e promete anunciar uma nova data para quando se reúnam as condições de saúde pública e segurança favoráveis, apostando pela paciência e resiliência de todos.

Esperamos que nos acompanhem, fiquem atentos ao Facebook do Festival do Contrabando (https://www.facebook.com/festivaldocontrabando ) e até lá mantenham-se seguros.

FOZ - Guadiana Digital

FOZ - Guadiana Digital

1 comentário

  • The problem of selling your junk automobile to a dealership is that you’re going to get a low supply, however, you will sell your automotive fast.
    When searching for buyers of your car, you might
    want to have all information of your automotive in hand.
    One other way of selling your automotive is by promoting it as scrap metal.
    After you may have eliminated the elements of your automotive and do not get buyers, you can select
    to sell the whole automotive to a scrap metallic purchaser.
    Automotive owners favor promoting their vehicles in parts since they assist them get increased returns.
    The beauty of getting all information about your car is that it’ll make
    it easier to get the best quote and make the selling process
    easy. When you select this selection, it is advisable get rid of all important components and stay with the
    physique of the automotive which you can promote it scrap metallic.
    Click here for more data about junk vehicles.

Clique para comentar
%d bloggers like this:
x Logo: Shield
Este Site é Protegido Por
Shield