foz-destaques Guadiana

Uso fraudulento da água do Guadiana

Medidor de Água

A Confederação Hidrográfica do Guadiana anunciou hoje que decidiu sensibilizar os utilizadores da água e chamar à responsabilidade pelo uso, ressaltando que existe um tipo de comportamento fraudulento em detrimento de todos e fundamentalmente da sustentabilidade e manutenção de massas de águas subterrâneas e superficiais, bem como dos ecossistemas associados aos mesmos.

Estão a ser investigadas várias pessoas que podem ser os autores de um crime contra o meio ambiente e os recursos naturais. As sanções excederão, quando apropriado, os 50.000 euros e os factos podem ser causa de extinção do direito de uso.

A Lei da Água, em Espanha, prevê que os titulares de concessões administrativas de águas subterrâneos e superficiais, e todos aqueles que por qualquer título têm direito de uso exclusivo das águas, sejam obrigados a instalar e manter sistemas de medição correspondentes que garantam informações precisas sobre os fluxos de água efetivamente consumidos ou usados ​​e, quando apropriado, devolvidos.

X