A partir de amanhã pode declarar o IRS

A declaração do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS) em Portugal é um processo anual obrigatório para aqueles que obtiveram rendimentos no ano anterior.

O período de entrega da declaração começa amanhã e estende-se até 30 de junho. Os contribuintes podem submeter a sua declaração de forma conveniente através do Portal das Finanças, utilizando meios de autenticação como a senha das Finanças, Chave Móvel Digital ou Cartão de Cidadão.

É importante que todos os contribuintes verifiquem a necessidade de entrega da declaração, pois existem situações em que alguns podem estar dispensados.

No entanto, para a maioria, a declaração é obrigatória e inclui os rendimentos de dependentes a cargo ou em regime de guarda partilhada. A entrega pode ser feita individualmente ou em conjunto para casais ou pessoas em união de facto, sendo o imposto calculado sobre a soma dos rendimentos do agregado familiar.

Para mais informações detalhadas sobre o processo de entrega da declaração do IRS, os contribuintes podem consultar o site ePortugal ou procurar apoio presencial em Espaços Cidadão, balcões das Finanças ou Juntas de Freguesia que ofereçam assistência neste processo. É essencial que todos os dados, especialmente a morada fiscal, estejam atualizados no Portal das Finanças para evitar penalizações e garantir o acesso a benefícios fiscais.

Este resumo baseia-se nas informações disponíveis no portal ePortugal e outros recursos oficiais, proporcionando aos contribuintes uma visão geral do que esperar e como se preparar para a declaração do IRS deste ano.

Sobre o autor

jestevaocruz

Deixe comentário

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com
×