PCP quer alargamento do perímetro de rega de Alqueva

Albufeira do Alqueva

O PCP questionou o Governo, sobre o início das obras e conclusão, do alargamento do perímetro de rega do Alqueva no concelho de Cuba.

Em comunicado o PCP refere que «o concelho de Cuba está inserido na região vitivinícola da Vidigueira, sendo que nas freguesias de Vila Alva e Vila Ruiva, existe uma importante área de vinha, constituída na sua maioria por vinhas novas, bem tratadas, com boa capacidade produtiva, não obstante os agricultores enfrentarem grandes dificuldades no acesso à água».

Entende o PCP que a expansão do empreendimento de fins múltiplos de Alqueva (EFMA) e, em particular no Bloco da Vidigueira, representa para os agricultores, onde se integra a referida área das freguesias, uma oportunidade de melhoria das condições de produção.

Uma vez que é do conhecimento público que o Empreendimento de fins múltiplos de Alqueva, está numa fase de alargamento do perímetro de rega e, neste caso tem um bloco de rega que está inserido no circuito hidráulico de Vidigueira, o qual é composto por várias freguesias que abrangem dois concelhos, Vidigueira e Cuba”.

 O PCP nota que se refere a cerca de 2200 há, tem 1400 prédios rústicos, que estão envolvidos nestas freguesias: Vila Alva; Vila Ruiva; Vila de Frades; Cuba; Selmes e Vidigueira, e que foram criadas espectativas para a construção deste bloco de rega, que já deveria estar concluído em 2020.

Para o PCP, «este projecto beneficiará um elevado número de pequenas explorações que com ele conseguirão o acesso à água, permitindo valorizar os investimentos já feitos na sua lavoura, melhorando os níveis de produção, os seus rendimentos e contribuindo para a inversão da tendência associada à desertificação do mundo rural e do abandono de terras».

Nesse sentido, solicitaram ao Governo esclarecimentos sobre a expansão do Empreendimento de Fins Múltiplos do Alqueva, no caso particular do Bloco da Vidigueira, onde se integra a área agrícola das Freguesias de Vila Alva e Vila Ruiva.